A MÚSICA DE NUNO SANTOS DIAS

[Covilhã]

Somos também aquilo que ouvimos, como ouvimos e com quem partilhamos. Perante este simpático e estimulante desafio lançado pelo Festival de Artes de Rua PORTAS DO SOL, proponho algumas referências musicais que para mim foram marcantes e estruturantes enquanto músico e ouvinte. Serão escolhas – num percurso de épocas, geografias, géneros e estilos variados – que me têm guiado na construção de um gosto e de uma identidade musical plural.